Andebol: Portugal joga acesso ao Mundial na Póvoa

O jogo da 2ª mão do play off para o Campeonato Mundial de Andebol vai realizar-se na Póvoa de Varzim. No dia 14 de junho, às 21h00, o Pavilhão Municipal irá ser o anfitrião para o confronto entre Portugal e a Sérvia.

 A assinatura do contrato para a organização desta competição oficial da Federação Portuguesa de Andebol decorreu nos Paços do Concelho. O Presidente da Câmara Municipal, Aires Pereira, afirmou-se extremamente satisfeito pela escolha da Federação para a realização deste jogo tão determinante ter recaído sobre a Póvoa de Varzim e sublinhou a importância que o desporto tem tido na economia do concelho. “Numa cidade que vivia muito da sazonalidade, a realização de grandes eventos desportivos nos meses de época baixa veio trazer uma nova vida à Póvoa de Varzim”. Por isso, Aires Pereira disse ser “uma oportunidade para vermos andebol ao mais alto nível e um incentivo para os jovens poveiros praticarem a modalidade. Estamos inteiramente disponíveis para o que a Federação necessitar, de modo a que consiga este apuramento que tão importante é para Portugal”. 

Na assinatura do contrato estiveram presentes, ainda, Ricardo Andorinho, Vice-Presidente da Federação de Andebol de Portugal, Paulo Martins, Presidente da Associação de Andebol de Porto, José Pereira, Presidente do Póvoa Andebol Clube e, como já referido, Carlos Martingo, Adjunto da Seleção Nacional A Masculina.

Foi este, também, o momento escolhido para o anúncio dos atletas convocados para ambos os encontros com a Sérvia. Carlos Martingo, treinador adjunto da Seleção Nacional A Masculina, deu a conhecer os 20 nomes: Alfredo Quintana, Humberto Gomes e Hugo Figueira; Sérgio Barros e Diogo Branquinho; Pedro Portela e Carlos Martins; Tiago Rocha, Daymaro Salina e Alexis Borges; Gilberto Duarte, Fábio Magalhães, Alexandre Cavalcanti e Nuno Gonçalves; Jorge Silva, João Ferraz e Diogo Silva; Rui Silva, Wilson Davyes e Miguel Martins.

 

Ricardo Andorinho teceu rasgados elogios à Câmara Municipal da Póvoa de Varzim e reforçou a ambição da Seleção Nacional A Masculina: “É uma honra para a Federação estar, uma vez mais, numa cidade onde Portugal já conquistou objetivos muito positivos. É com grande ambição que encaramos este apuramento para o Campeonato do Mundo, e por isso, quer do ponto de vista da equipa e organização estão reunidas todas as condições para conseguirmos alcançar esta Qualificação”.

Paulo Martins referiu a importância da escolha do local pelo envolvimento dos poveiros no andebol, “A Póvoa de Varzim é uma cidade com grande tradição no andebol, que cria uma grande dinâmica entre as pessoas e a nossa modalidade, o que com certeza contribuirá para que Portugal alcance esta Qualificação”.

Também José Oliveira Pereira falou sobre o crescimento da modalidade na Póvoa de Varzim e sobre a esperança que tem para a Qualificação: “As pessoas gostam de andebol e existe um incremento não só de adeptos mas também de praticantes da modalidade. Gostávamos que Portugal voltasse a ser feliz nesta cidade, para nós a Seleção já está no Mundial”.

Carlos Martingo falou sobre os objetivos deste grupo de trabalho: “a Sérvia é uma seleção fortíssima mas nós temos que, de uma vez por todas, afirmarmo-nos no panorama europeu e mundial. Temos uma excelente Seleção e temos todas as condições para conseguirmos ultrapassar este adversário. Queremos voltar a sentir o apoio fantástico do público na Póvoa, como sentimos no encontro com a Polónia.”

(Fonte: CMPV)

Andebol: Portugal joga acesso ao Mundial na Póvoa

Noticias |