Póvoa: Visita às obras do CAM

Era o espaço ocupado pela Garagem Linhares. Agora vai ser o C.A.M.: Centro de Atendimento Municipal, com inauguração prevista para Janeiro de 2021.

O presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim promoveu uma visita às obras do CAM, na Praça do Almada, para vereadores e jornalistas.
A intenção de Aires Pereira foi dar a conhecer, ao pormenor, o estado em que a obra se encontra.

Recorde-se que esta empreitada de reabilitação do edifício da antiga garagem Linhares para instalação de serviços do município teve início em janeiro de 2017, mas, “infelizmente não teve o desenvolvimento que esperávamos”. A sociedade Norcep Construções, a quem foi adjudicada a obra, não executou o projeto de acordo com o previsto. Foi possível verificar, durante a visita guiada ao CAM, as inúmeras falhas deixadas e que obrigam, agora, a alterações significativas. Há, de momento, trabalhos retificativos a serem realizados para a correção dessas mesmas deficiências.

“Vamos pôr mãos à obra para concluir tudo até ao final do ano, ou seja, para poder entrar em pleno funcionamento em janeiro de 2021”, transmitiu Aires Pereira.

Para este edifício irão transitar todos os serviços de atendimento ao público do Município, quer os que se encontram instalados no Paços do Concelho e na Loja do Ambiente, quer os que se encontram no edifício dos serviços técnicos. O CAM será, assim, o grande centro de atendimento do Município aos poveiros.

O CAM, recria de forma moderna a tradição local na sua fachada, a qual foi idealizada pelo arquiteto responsável pelo projeto, Rui Bianchi. Fá-lo através dos tons de preto (símbolo do luto) e dourado (metáfora para a riqueza que o mar deu à Póvoa) utilizados, mas também através dos vários símbolos que, similarmente às redes de pesca típicas que os lares poveiros usavam antigamente também nas fachadas de suas casas, ornamentam toda a frente do edifício. O CAM está dividido em quatro pisos que, de forma harmoniosa, foram construídos e desenhados com base em quatro materiais preferenciais – betão, vidro, granito e madeira bambu.

Uma das novidades, pensada em prol da eficiência dos serviços e bem-estar dos munícipes, é o fim das intermináveis filas de espera para quem tira a sua senha e aguarda por atendimento. Os munícipes terão, agora, oportunidade de se deslocar ao bar e aguardar comodamente pela sua vez, enquanto controlam a contagem do número das senhas através dos monitores instalados para o devido efeito.

Nesta visita, foi também apresentado o novo modelo de indumentária que os funcionários do Centro de Atendimento Municipal irão usar para maior uniformidade e identificação aquando do atendimento ao munícipe.

Aires Pereira esclareceu que “o CAM vem também dar resposta a uma falha de vários anos: a saída do metro ser para a estrada nacional com as dificuldades que todos conhecemos (passeios estreitos, dificuldade de mobilidade para cadeira de rodas e carrinho de bebé), ou seja, não é uma chegada à cidade condigna para os que usam este meio de transporte, que passarão a ter um local aprazível para esperar pela hora do seu transporte. Completamos a entrada na Praça do Almada para quem nos visita”.

O Presidente da Câmara referiu que “esta empreitada está inserida no projeto de regeneração urbana do bairro da Matriz que tem como principal objetivo dar vida à cidade, ou seja, fazer com que o centro da cidade tenha cada vez mais pessoas a residir e maior movimentação de pessoas. Isto tem muito impacto na nossa qualidade de vida porque uma cidade segura não é aquela que tem muitos polícias, mas sim aquela que tem pessoas na rua”.

A Norte Litoral Tv irá apresentar, em breve, uma reportagem sobre esta visita.

(Fonte: CMPV)

Póvoa: Visita às obras do CAM

| Noticias |
About The Author
-