Elisa Ferraz propõe-se a novo mandato na Câmara de Vila do Conde

Elisa Ferraz recandidata-se à Câmara de Vila do Conde, novamente pelo Movimento independente NAU – Nós Avançamos Unidos.

A apresentação realizou-se em frente a Nau quinhentista de Vila do conde. Sozinho no púlpito, Elisa Ferraz afirmou que avança com um projeto de continuidade, assumindo que “em equipa vencedora não se mexe”. Assim, ao que tudo indica, terá na lista à Câmara os mesmos nomes da NAU, que com ela constituíram o executivo há 4 anos.

Os candidatos às Juntas de Freguesia de concelho serão apresentados no mesmo local e à mesma hora (15h00) no próximo sábado, dia 12. A NAU irá concorrer a todas as uniões de freguesia, sendo que nalgumas delas irá apoiar movimentos independentes de cidadãos, sublinhando Elisa Ferraz a “maior abrangência” de candidaturas.

Para a campanha eleitoral, a candidata independente adiantou que será adequada aos condicionalismos da pandemia em que vivemos, pelo que não fará sentido “esbanjar recursos” nem colocar em risco a saúde pública. Por outro lado, Elisa Ferraz promete campanha serena e sem qualquer “agressividade”, aliás, frisou aos jornalistas “mal anda quem precisa de usar agressividade” para atingir os seus objetivos.

As linhas centrais da sua atividade caso seja eleita para mais 4 anos, diz Elisa Ferraz, serão o trabalho na Educação, Ambiente, Modernização Administrativa e Desporto, a exemplo do que sucedeu nos seus mandatos e, que estas áreas contaram com “grandes fatias do orçamento” da autarquia.

A candidata a um último mandato – caso seja eleita completa três mandatos e fica sujeita ao limite da lei – adianta que está em fase final a elaboração do plano estratégico do concelho para a próxima década; encontra-se aprovado o projeto Bio Polis, em parceria com a Universidade do Porto, e que implicará o investimento de muitos milhares de euros, onde se integram os trabalhos de despoluição de rio Ave; Centro de Artes Náuticas irá ser implementado no edifício em ruínas na Seca do bacalhau, para preservar o “património da nossa memória”; será ainda construído o Museu do Mar nas Caxinas nos próximos 4 anos.

Elisa Ferraz propõe-se a novo mandato na Câmara de Vila do Conde

| Noticias |
About The Author
-